O Grandíssimo Haile Selassie (Jah Ras Tafari)

Nasceu na Etiópia perto de Hãrer, no dia 23 de julho de 1892, tendo como nome de baptismo Ras Tafari Makonnen, era sobrinho do Imperador Menilik II.
Em 1916, Tafari Makonnen, destituiu o sucessor do seu tio, Lij Iyasu, substituindo-o, pela filha mais velha do Imperador Menilik, chamada Zauditu. Quando esta faleceu em 1930, Ras Tafari Makonnen sucedeu-a sob o nome de Haile Selassie I, passando assim a ser o Imperador da Etiópia. O nome Haile Selassie I, significa " O todo poderoso da trindade", tinha também outros títulos como "Leão conquistador da tribo de Judah", "O eleito de Deus" e também "Rei dos Reis, Senhor dos Senhores".
Em 1931, Haile Selassie I, deliberou que todos os tipos de poderes ficariam nas mãos de Imperador.
Quando em 1935, os Italianos invadiram a Etiópia, Selassie embora tivesse tentado resistir, teve que pedir auxilio à Liga das Nações, sendo obrigado a ir para o exilio em Inglaterra, em Maio de 1936. Embora no exílio Haile Selassie I, liderou o plano de libertação da Etiópia,(que havia sido traçado pela Inglaterra)e voltou ao poder em 1942, começando desde então o plano de reconstrução do seu país que havia sido destruído pela guerra.
Alguns dos maiores feitos do Imperador Haile Sellassie I foram:
·         A reforma do país em 1942 e 1944;
·         A emancipação dos escravos em 1942;
·         A revisão e alargamento da constituição, a qual resultou de uma votação por sufrágio universal, em 1955.

Em 1960, houve uma tentativa para o tentarem tirar do poder, que foi rapidamente aniquilada, pelos apoiantes de Selassie. Em 1974, foi retirado do poder, por uma revolta armada,devido à corrupção no governo, inflação, drogas. Foi formalmente deposto em Setembro de 1974 e morreu em Addis Ababa no dia 27 de Agosto de 1975.

Para os Rastafari o Imperador Haile Selassie I, é o Messias profetizado na Bíblia, visto que é um descendente direto de David, vindo da linha de Reis Etíopes que se estendia desde os tempos do Rei Salomão e da Rainha Sheba. Ele é a raiz de David.
Os Rastas acreditam que Haile Selassie I, é um Deus vivo para a raça negra, era o Imperador negro da Etiópia. Eles dizem, que as escrituras o profetizaram como aquele que "tem o cabelo como lã, e os pés como bronze", acreditavam também que Selassie era o Jesus que o Cristianismo falava; o homem branco, arranjou um estratagema para que não acreditassem que Jesus era negro.
Selassie não era um rastafari. Ninguém faz idéia do que ele pensava do assunto. Por isso é irônico que quando um grupo de rastas da Jamaica, foi à Etiópia para honrá-lo, um oficial do palácio lhes disse para se retirarem pois podiam incomodar o Rei, visto que este era devoto do cristianismo. Em vez de discutirem ou fazer perguntas, os rastas acreditam, que por eles o aclamarem Rei, não significava que este soubesse que o era.
Quando Haile Selassie I faleceu, muitos rastas não acreditaram(pensavam que era um truque dos media para derrubar a sua moral), pois para eles os verdadeiros rastas eram imortais. Para compensar a sua morte, eles acreditavam que os seus átomos se espalharam pelo mundo, para fazer parte de cada novo recém-nascido, ficando assim imortalizado.